fbpx

Sua empresa está preparada para a LGPD?

Manter sempre atualizado é fundamental!

Por isso criamos um blog para você acompanhar tudo o que
acontece na Texel e no mundo da tecnologia.

Sua empresa está preparada para a LGPD?

Com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) que entrou em vigor em 18 de setembro de 2020, a maioria das empresas ficou sem saber o que fazer e como atender à essa nova necessidade.

Poucas empresas conseguem descrever claramente as informações que coletam, manipulam e armazenam, tampouco existe um mapeamento formal e normalmente existem dados espalhados por diferentes departamentos e diferentes mídias, muitas vezes desnecessariamente e sem nenhum tipo de segurança. Esse cenário deve mudar muito em breve para atender aos requisitos definidos pela LGPD.

Dados são quaisquer informações que permitem a identificação de um indivíduo e são classificados em dados sensíveis (crença religiosa, opinião política, origem étnica, etc.) e dados não sensíveis (RG, nome, endereço, etc.). A LGPD proporciona ao titular dos dados a autonomia para autorizar ou não o uso de suas informações bem como decidir como eles serão usados. Por isso, alguns dos princípios são: finalidade, adequação, necessidade, livre acesso, qualidade dos dados, transparência, segurança, prevenção, não discriminação e responsabilização.

Os primeiros passos para a conformidade com a lei são o engajamento de todos a começar pela alta gerência da empresa, o mapeamento dos processos para identificar o ciclo das informações dentro do negócio, análise e eventual reestruturação da segurança da informação (digital ou não) e a criação de métricas de governança que deixem claros os procedimentos a serem adotados em cada etapa. Portanto, ao contrário do que muitos ainda pensam, a TI é apenas uma parte de tudo o que a implantação da LGPD envolve.

A LGPD será fiscalizada pela recém criada ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados), mas o próprio titular dos dados pode solicitar verificação, alteração, correção ou mesmo revogar o consentimento de utilização de suas informações a qualquer momento e caso identifique o uso indevido de seus dados pode acionar a ANPD ou até mesmo órgãos de defesa do consumidor como o PROCON.
Entre em contato conosco e saiba como podemos auxiliar sua empresa nesse processo!

OLÁ, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Tem um projeto?

Será um prazer fazer parte dele! Deixe suas informações aqui e entraremos em contato em breve.

Whatsapp