fbpx

Apple e Google criam tecnologia para rastreamento do COVID-19 com Bluetooth

Manter sempre atualizado é fundamental!

Por isso criamos um blog para você acompanhar tudo o que
acontece na Texel e no mundo da tecnologia.

Apple e Google criam tecnologia para rastreamento do COVID-19 com Bluetooth

Desde o início da pandemia que vem transformando o mundo, surgiram diversos questionamentos sobre a utilização da tecnologia para auxiliar no rastreamento da infecção por coronavírus. Vários estudos e testes foram iniciados, mas o que ganhou maior destaque foi o projeto proposto pelas empresas Apple e Google.

As primeiras versões da tecnologia que permitirá o monitoramento da propagação do COVID-19 através do Bluetooth (sistema de comunicação de ondas curtas, com pouco consumo de bateria e baixo alcance) foram liberadas recentemente para desenvolvedores associados com autoridades públicas de saúde, com o objetivo de calcular o raio de exposição e informar caso alguém tenha contato com uma pessoa contaminada.

Essa tecnologia funcionará através do Bluetooth, basicamente as pessoas que baixarem o app (e permitirem o rastreamento) receberão em seu celular um código único e o aplicativo poderá consultar as chaves de pessoas próximas. Caso a aproximação ocorra por mais de 5 minutos, o contato é registrado e a informação é armazenada. Esses códigos ficarão guardados por 14 dias e, caso alguém com o aplicativo ativado seja confirmado com o coronavírus, poderá atualizá-lo com essa informação e notificar as pessoas com as quais teve contato recentemente. Assim, os usuários irão receber um alerta em seu próprio celular informando que estiveram próximas a alguém contaminado e informando a importância em se manter em isolamento por 2 semanas.

A princípio a ferramenta visa notificar via aplicativo (tanto para Android como iOS) e posteriormente a intenção é integrar diretamente nos smartphones, sem a necessidade de instalação de aplicativo. As empresas comunicaram também que essa tecnologia só será usada durante a pandemia do coronavírus e vale ressaltar ainda que os dados da pessoa infectada não serão divulgados para garantia de privacidade.

 

 

OLÁ, DEIXE SEU COMENTÁRIO

Tem um projeto?

Será um prazer fazer parte dele! Deixe suas informações aqui e entraremos em contato em breve.

Whatsapp